Como ativar o seu modo criativo? ðŸ§ðŸ’¡ðŸŽ¨

Você é uma pessoa criativa?

Quando foi a última vez que você fez algo que explorou ainda mais sua criatividade?

Quando éramos crianças, aproveitamos qualquer oportunidade para ser brincalhões e criativos, seja pintando com aquarelas ou inventando uma música boba.

Não tínhamos medo.

Seja creativa(o)

Não importava se era bom, o que importava, é que era divertido. À medida que envelhecemos, a história muda, fazemos um grande esforço para evitar nos sentirmos incompetentes ou parecermos tolos, como adultos, se não nos sentirmos confiantes com uma atividade, paramos de fazê-la.

Então nos apegamos ao que somos bons e deixamos os lápis de cor e o pandeiro acumularem poeira no armário. Mas quando não priorizamos a criatividade, perdemos aquilo que é divertido.

Desfrutar da expressão criativa reduz o estresse e melhora nossa qualidade de vida, também nos ajuda a acessar pensamentos e emoções sutis.

Portanto, é um meio catártico de autoexploração. Com a prática mindfulness (atenção plena), podemos forjar uma abertura para redescobrir o jogo criativo aplicando os princípios de não julgamento e não apego, podemos abordar um empreendimento criativo, não para produzir uma obra-prima, mas sim para aproveitar o processo.

A EXPERIÊNCIA!

Ao invocar a autoaceitação, podemos acalmar as críticas sobre nosso nível de habilidade e fortalecer nossa coragem abraçando um estado de curiosidade, podemos levar para a tela em branco com um senso de admiração, pelo que nossa imaginação possa nos trazer a ela, como Pablo Picasso disse:

“Toda criança é uma artista. O problema é como continuar sendo um artista, uma vez que ele cresce”.

Então aceite oportunidades para diferentes atividades, como um convite para se reconectar com a(o) artista interior, seja através de um papel, meios digitais, cantando, tocando instrumentos ou recitando poesias. Permita-se criar inconscientemente e conectar-se mais uma vez a esse estado alegre que é tão facilmente encontrado quando criança.

Recentemente eu tive uma experiência incrível de poder ir em um evento que chama-se Painting and Prosecco.

Minha experiencia pintando

Onde é um espaço para pintarmos algo em uma tela e enquanto isso, tendo a experiência de tomar alguns drinks e apreciar as músicas de fundo.

Ao lado de cada tela, havia um catálogo que oferecia dezenas de opções para se inspirar e tentar recriar tais obras.

Todavia, eu ao rever todas opções do catálogo, senti a vontade de criar algo diferente daquilo que estava sendo oferecido.

Eu queria criar algo.

Como era aniversário da irmã da minha namorada, decidi desenhar meu cunhado, que é o irmão mais velho, ela, a aniversariante e a minha namorada.

Confesso que desenhar e pintar, não é o meu talento. Mas, ali eu senti a liberdade e a conexão com a minha criatividade em fazer algo que eu nunca havia feito antes.

No começo eu fiquei me comparando aos demais ali a minha volta, mas, depois percebi que era bobagem, aliás, a minha experiência era aflorar minha criatividade e não competir com ninguém.

Meus cunhados e minha namorada amaram a homenagem e ficaram felizes.

Por dentro, eu fiquei pensando …

QUANDO SERÁ A PRÓXIMA VEZ???

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com

Up ↑

%d bloggers like this: